1ª semana de outubro em SC começa com nebulosidade e chance de chuva

A primeira semana de outubro começa com retorno das nuvens sobre todas as regiões de Santa Catarina. A umidade que avança do mar e a formação de áreas de instabilidade no Norte da Argentina deixam o céu encoberto nesta segunda-feira (3)

“Teremos um dia com muitas nuvens que permitem períodos de melhoria, mas que mantêm a chance de chuva, no geral fraca, em momentos do dia com destaque para as áreas mais próximas do Paraná”, afirma o meteorologista Leandro Puchalski.

As temperaturas ficam entre 19 e 22ºC na maioria das cidades.

Terça-feira
O sol deverá aparecer entre nuvens, que ainda vão predominar na maior parte das cidades da faixa da Serra até o Litoral devido a umidade que deverá avançar do mar.

“Ainda há previsão de chuva em momentos da terça (4) no Sul, Vale do Itajaí, Norte e Litoral. Bem pontualmente poderemos ter pancadas moderadas a fortes. No Oeste, a umidade do mar não avança deixando o dia com sol até predominando” diz Puchalski.

As temperaturas da tarde variam de 20 a 23ºC. No Oeste pode chegar aos 26ºC.

Outubro mais frio e temperatura mais elevada a partir de novembro

A previsão é de chuva próxima a abaixo da média em SC, com períodos de estiagem no trimestre Outubro/Novembro/Dezembro. Desses meses, Outubro é o mês mais provável de ter chuva frequente com valores próximos a média climatológica.

Destaque: Eventos de chuva intensa, em curto espaço de tempo, podem ocorrer em qualquer época do ano. Por isso, ressalta-se a importância do acompanhamento diário da previsão do tempo.

Climatologia (o que se espera para época do ano):

Outubro é um dos meses mais chuvosos do ano no Estado, com valores médios esperados entre 200 e 280 mm no Oeste e Meio Oeste, mais que o dobro em relação aos meses de inverno. Do Planalto ao Litoral a média mensal varia de 140 a 200 mm.

Em Novembro a chuva diminui, em relação a Outubro, e a média mensal varia de 130 a 180 mm no Estado.

Em Dezembro a segunda quinzena é mais chuvosa em relação a primeira, e a chuva se concentra especialmente no período da tarde e noite, em forma de pancadas passageiras, típicas de verão. A média mensal varia de 140 a 200 mm no Estado.

Durante o trimestre, os episódios de precipitação normalmente ocorrem associados à passagem de frentes frias e influência dos Sistemas Convectivos de Mesoescala (SCM) que provocam chuvas mais intensas em SC, especialmente no Oeste e Meio Oeste. E também pelo processo convectivo na segunda quinzena de novembro e em dezembro.

Os ciclones extratropicais, mais frequentes em outubro, ocorrem também em novembro e dezembro, intensificando o vento no litoral e deixando omaragitado comressaca e perigo para a navegação no Litoral catarinense.

Outra caraterística do trimestre é a formação de nevoeiros associados à nebulosidade baixa, com redução de visibilidade.

Temperatura

A previsão é de temperatura próxima à média climática em SC. Em Outubro a temperatura segue ligeiramente abaixo do normal, especialmente do Planalto e Litoral, por influência de massas de ar frio que chegam ao Sul do Brasil, e é possível à ocorrência de geada fraca, sobretudo no Planalto Sul. Ainda neste mês, a atuação de massas de ar seco favorecem dias com maior amplitude térmica diária (diferença entre a temperatura mínima e máxima do dia), ou seja, temperatura mais baixa no inicio do dia e elevada à tarde. A partir de Novembro a temperatura se elevada com a aproximação do verão.

TemperaturadaSuperfíciedoMar(TSM):

Em Agosto a região do Pacífico Equatorial apresentou anomalias negativas de TSM (Temperatura da Superfície do Mar) de – 0,5 a -1,0°C (Figura 1), porém em Setembro a TSM negativa se concentrou na área central do Pacífico (Figura 2), mantendo a condição de neutralidade no Oceano Pacífico Equatorial. Para os próximos meses os modelos climáticos continuam indicando neutralidade, com águas mais frias restritas a região Central do Pacífico.
ANOMtsmOUTNOVDEZ
Figura 1 –
Anomalia da TSM nos oceanos Atlântico e Pacifico, em agosto de2016.

tsmOUTNOVDEZ
Figura 2 – Anomalia da TSM no oceano Atlântico e Pacifico entre 18 e 24/08/2016.

A Epagri/Ciram recomenda o permanente acompanhamento dos boletins e informações disponibilizados neste site.

Elaboração do boletim: Gilsânia Cruz e Marilene de Lima (Meteorologistas)
Previsão do Fórum Climático: EPAGRI/CIRAM, IFSC, UFSC e RBS.

Pin It