Vereadores dão sugestões para limpeza da cidade

sessão 06-02 (21)

Na sessão ordinária desta segunda-feira (6) na Câmara Municipal os vereadores jaraguaenses abordaram as condições de limpeza dos locais públicos em Jaraguá do Sul. Eugênio Juraszek propôs o resgate da lei n°4784 de 2007, que institui o programa Adote uma Praça e tem por finalidade promover o ajardinamento, a conservação e manutenção das praças, canteiros centrais e áreas verdes.

“Hoje sabemos a dificuldade que temos de limpeza nos locais públicos, rotatórias e praças. Os empresários já estão limpando e cuidando, mas não há uma identificação sobre isso no local”, disse Juraszek, sugerindo uma valorização ao empresariado que ajuda na manutenção desses locais.

O vereador Anderson Kassner também abordou o tema na tribuna da Casa. Lembrou que seu gabinete estava trabalhando com essa mesma ideia e que na Vila Lenzi já há um empresário disposto a ajudar na manutenção dos locais do bairro.

Marcelindo Gruner ressaltou o mutirão de limpeza que a Prefeitura de Jaraguá está realizando na cidade, mas advertiu que não é suficiente. Para ele, a comunidade tem que se engajar nessa questão.

“Quero convocar o povo jaraguaense, porque a prefeitura sozinha não vai dar conta disso. Que cada morador limpe a frente da sua casa, limpe sua calçada e não espere pelo Poder Público. A cidade está suja. Cada cidadão pode fazer o seu papel”, aconselhou.

 

PONTES DANIFICADAS

Ainda na sessão de segunda-feira, o vereador Celestino Klinkoski pediu ao Executivo que desse atenção aos danos causados pela chuva nas regiões do interior do município. Segundo ele, uma tromba d’água afetou pontes nas comunidades Rio da Luz, Garibaldi e Rio Cerro.

 

SECRETÁRIO CONVOCADO

Jaime Negherbon convocou o secretário da Agência de Desenvolvimento Regional, Leonel Floriani, para rever a situação da escola profissionalizante entre os bairros São Luís e Tifa Martins. “Há anos ela está sendo construída e até agora não foi inaugurada”, questionou. Negherbon também indicou que outras ações do estado devem ser indagadas ao secretário, como as obras na rodovia que liga Jaraguá do Sul a Pomerode.

 

APOIO A COOPERATIVAS

Jackson Ávila pediu aos demais edis uma reunião com representantes de cooperativas de reciclagem de lixo que trabalham em Jaraguá. Segundo Ávila, a intenção é receber ideias dos recicladores para ajudá-los a manter seu negócio bem estruturado.

“Falei com uma representante de uma empresa e ela disse-me que no ano passado tinha 24 funcionários e agora apenas 13. Ela disse também que tem gente de fora vindo buscar os resíduos aqui em Jaraguá. Ela e outras pessoas investiram nesses negócios, então é preciso ajudar. Gerando emprego aqui, vamos gerar renda aqui também”, salientou.

 

Tiago Rosário

Pin It