Vereadores culpam gestão passada por déficit de R$ 63 milhões

sessão ordinária 01-03 (22)

O vereador Arlindo Rincos mostrou na sessão desta quarta-feira (1°) uma entrevista em vídeo do secretário de Administração e Fazenda de Jaraguá do Sul da gestão anterior, Sérgio Kuchenbecker. A entrevista é de janeiro de 2013, início do mandato do ex-prefeito Dieter Janssen, e nela o secretário ressalta o bom equilíbrio fiscal do Executivo naquele momento. Segundo Rincos, a culpa do déficit atual de R$ 63 milhões da prefeitura jaraguaense é da gestão de Janssen.

Ademar Winter concordou com Rincos e salientou que o secretário disse que a prefeitura estava com as contas equilibradas. Por isso, na sua opinião, não adianta falar que o desiquilíbrio veio de outras administrações. “Não adianta dizer que foram os prefeitos passados. Isso é má gestão. O servidor sempre paga a conta e isso não pode acontecer”, ressaltou.

Rincos ainda mostrou, durante a Palavra Livre, uma tabela com a evolução dos gastos do Executivo Municipal durante os últimos 17 anos. O vereador apontou que só houve recuo nas despesas em 2016. Para ele, se houvesse uma gestão mais enxuta e cuidadosa a Administração não estaria nesta situação. “O investimento em publicidade nos últimos 4 anos chegou perto dos 6 milhões, está no portal da transparência”, acusou Rincos, sugerindo ainda que um corte nos cargos comissionados também geraria uma redução de despesas.

O parlamentar ainda afirmou que a Câmara de Vereadores cumpriu com as sugestões dadas pela Associação Empresarial da cidade, enxugando as despesas no Legislativo, o que não teria ocorrido no Executivo.

“A ACIJS pediu para que os vereadores reduzissem os gastos da Câmara, e reduziram, para contribuir com o município. Mas a ACIJS também pediu que fossem apenas 7 secretarias, e hoje temos 14 secretarias e mais duas autarquias. Por isso estamos sem dinheiro”, advertiu.

Tiago Rosário
Pin It