Samae recebe discussão de preservação dos mananciais

mananciais1

Representantes da Associação dos Municípios do Vale do Itapocu (Amvali) apresentaram na tarde desta segunda-feira (22/05) para os técnicos do Samae, Fujama e Secretaria Municipal de Desenvolvimento Rural e Abastecimento, o Projeto Mananciais para conservação da água na bacia hidrográfica do Rio Itapocu, que visa promover a recuperação de áreas de preservação permanente na área rural de Jaraguá do Sul, que margeiam cursos d´água e nascentes localizadas em propriedades de até quatro módulos fiscais.

Segundo a Engenheira Florestal da Amvali, Karine R. Holler e o Geógrafo Felipe Augusto H. D. Oliveira “o projeto contemplará as propriedades de agricultores familiares à montante das captações de água para abastecimento público dos municípios da bacia hidrográfica”.

O projeto é fruto do Termo de Cooperação entre o Fundo Nacional do Meio Ambiente (FNMA/MMA) e a Amvali. Tem como objetivo a recuperação de nascentes e matas ciliares da bacia hidrográfica do Rio Itapocu para a produção de água.

O diretor presidente do Samae de Jaraguá do Sul, Ademir Izidoro, solicitou que sejam definidos critérios para a definição das propriedades rurais que darão início ao projeto. “Que as áreas rurais à montante da captação da ETA Sul possam receber o projeto, pois assim teremos mais resultado nesta ação”, ressaltou.

O projeto será apresentado no dia cinco de junho, no Centro Empesarial de Jaraguá do Sul (Cejas) e a partir desta data os técnicos da Amvali darão início ao diagnóstico das áreas rurais, para posteriormente iniciar os trabalhos de recuperação e preservação.

Ricardo Portelinha

Pin It