Quadrilha de SP é presa em SC suspeita de aplicar golpes em idosos

presos

Cinco homens e uma mulher foram presos em flagrante em Florianópolis suspeitos de se passarem por funcionários de bancos para aplicar golpes em idosos. Conforme a Polícia Civil, eles diziam às vítimas que os cartões de crédito delas haviam sido clonados e as convenciam a informarem os dados pessoais bancários. O prejuízo chega a R$ 100 mil.

Segundo o delegado Rafael Werling de Oliveira, os suspeitos eram de São Paulo e alugaram um apartamento de luxo em Florianópolis para servir como base para a atuação do grupo. Eles foram detidos na tarde de segunda-feira (10).

Ainda conforme Oliveira, os criminosos escolheram a cidade por tem muitos moradores aposentados, em sua maioria servidores públicos.

Eletrônicos apreendidos eram comprados com dinheiro das vítimas (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

Eletrônicos apreendidos eram comprados com dinheiro das vítimas (Foto: Polícia Civil/Divulgação)

“Eles obtinham telefones de vítimas em potencial, especialmente pessoas idosas, e ligavam para elas. Enganadas, as próprias vítimas entregavam a eles os cartões. De posse dos dados e dos cartões das vítimas, realizavam uma série de compras, especialmente televisões de LED, computadores e videogames”, contou.

De acordo com a polícia, eles chegaram à capital em 14 de outubro. “Após monitoramento, os policiais civis da Deic conseguiram realizar a prisão dos integrantes da associação criminosa e recuperar todos os objetos adquiridos ilicitamente”, relatou.

Conforme os policiais, o dinheiro deve ser ressarcido às vítimas. “As pessoas não devem fornecer a ninguém seus dados pessoais, muito menos de cartões de crédito e senhas por telefone”, reforçou o delegado.

G1SC

Pin It