Pinhalzinho – Saudadenses defendem agricultor preso

Nesta tarde e noite centenas de pessoas se concentraram em frente à Delegacia de Polícia de Pinhalzinho, em defesa do agricultor saudadense, que foi preso após atirar em um assaltante, na noite de ontem, terça-feira (02). O homem armado com facão teria atacado morador, que reagiu atirando.

O agricultor que está detido na Delegacia de Pinhalzinho seria encaminhado hoje para o presídio de Chapecó, mas a comunidade fez uma manifestação em frente a delegacia e não permitiu que o homem fosse levado. Ele passará a noite preso, na companhia de um agente, e vai esperar a decisão da juíza, que chega à cidade às 12h desta quinta-feira (4).

Entenda como ocorreu o homicídio – Conforme informações da Polícia Civil de Pinhalzinho, na noite de ontem, 02, Everton Antônio da Silva e Alan Soares arrombaram o salão da comunidade de Santo Afonso, no interior de Saudades. Ao tentar empreender fuga foram surpreendidos por Paulino Ervino Sulzbach entre outros moradores da localidade.

Paulino estava com uma espingarda calibre 22 e conforme disse em depoimento, Alan investiu contra os moradores com um facão, quando Paulino efetuou um disparo fatal alegando legitima defesa. Após o fato acionaram a Polícia Militar da cidade que prendeu Everton que tentava fugir do local.

 

Fonte: Jornal A Sua Voz

Foto: Ademar Zimmer

Pin It

Comentários estão fechados.