Palestras marcaram o Dia Mundial da Água na SAMAE

DSCF8124s

Nesta quarta-feira (22/03) foi comemorado o Dia Mundial da Água. O Samae de Jaraguá do Sul preparou para o mês de março diversas atividades que marcam a data. E para celebrar o dia 22 de março, três palestras direcionadas aos servidores do Samae foram realizadas com o objetivo de mostrar a necessidade da conservação deste bem natural.

A primeira palestra, no período da manhã, discorreu o tema “A vigilância sanitária contribuindo para a saúde pública – água e esgoto”, e foi ministrada pela Engenheira Sanitarista e Ambiental-UFSC, Mestre em Engenharia Ambiental-UFSC, Especialista em Gestão de Vigilância Sanitária-FIOCRUZ/IEL, Nilceane Aparecida Junckes Costa.

O intuito foi divulgar as ações que a Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul, em especial a Vigilância Sanitária, tem promovido para proteger a saúde da população, principalmente no que diz respeito às ações capazes de eliminar, diminuir ou prevenir riscos à saúde ligados ao tratamento e abastecimento de água e coleta e tratamento de esgoto.

A segunda, no início da tarde, foi com o Diretor técnico da empresa MMA Consultoria Ambiental, Professor do Curso de Engenharia Civil da Católica de Santa Catarina, Daniel Minegatti, que versou sobre “as consequências do desenfreado desenvolvimento da sociedade urbana para o meio ambiente e para a nossa qualidade de vida”. Ele apresentou as principais consequências do desenfreado desenvolvimento da sociedade urbana, como a poluição do ar e das águas, saneamento básico deficiente, produção crescente e sem solução de resíduos, entre outros problemas. Quais os impactos negativos consideráveis ao meio ambiente e, consequentemente, à nossa qualidade de vida.

Já a terceira e última palestra aconteceu às 16 horas e abordou o tema “O Desenvolvimento Urbano e a Salubridade Ambiental”, com o Professor Robison Negri também da Católica de Santa Catarina. Aspectos relativos à qualidade de vida humana, onde um dos mais importantes é o da salubridade ambiental e que está diretamente relacionada às condições de moradia, aos serviços de saneamento básico oferecidos pelo poder público e por condições sociais envolvendo aspectos socioeconômicos culturais foram levantados na exposição.

O Diretor presidente do Samae ressaltou a importância de refletir sobre o cuidado com a água, em especial a equipe do Samae, pois está diretamente ligada a ela. “A água é nossa matéria prima. Este é um dia importante para esta reflexão. Precisamos cuidar deste bem natural, pois nada adianta investirmos grandes quantias em tratamento se não tivermos a água para coletar e tratar. E as palestras mostraram que a falta da preservação e o cuidado poderão ocasionar a escassez da água”, finalizou.

Ricardo Portelinha

Pin It