Ministro da Educação libera recursos para Santa Catarina e municípios

O anúncio da liberação de R$ 9,9 milhões a Santa Catarina foi feito pelo ministro da Educação, José Mendonça Bezerra Filho, em visita a Balneário Camboriú nesta sexta-feira, 7. O recurso será dividido entre Estado e municípios e servirá para terminar obras e intervenções pontuais necessárias na área da educação. Acompanhado do secretário de Educação de Santa Catarina, Eduardo Deschamps, o ministro e sua equipe do MEC estiveram também em Blumenau, na quinta-feira, 6.

A visita que o ministro faria à obra da nova Escola de Ensino Médio Senador Evelásio Vieira, conhecida como escola da Itoupavazinha, na tarde da quinta-feira, foi suspensa devido à chuva. Mendonça Filho atendeu a imprensa no Hotel Glória e durante a noite participou de um jantar no Parque Vila Germânica.


Foto: Edinéia Rauta / SED

“Não conseguimos visitar a obra, mas sabemos que é uma escola de excelente qualidade e de alto padrão que vai abrigar alunos numa visão de infraestrutura a melhor possível e que se apóia e se conecta a todo o nosso esforço de reforma do Ensino Médio, significando avanços em termos de qualidade da educação”, comentou o ministro. A construção em andamento tem como meta estar pronta para o ano letivo de 2018.

Aproveitando a presença da imprensa, o ministro tranquilizou os estudantes que precisam do Fundo de Financiamento Estudantil (Fies). “A palavra é de tranquilidade aos jovens que têm Fies tanto os contratos novos como os antigos renovados estão garantidos. Entendemos que se não tiver alternativa ainda existe a hipótese de outra medida tomada pelo governo para que os estudantes sejam preservados e as instituições compensadas com a liberação do recurso do Fies”, explica.

Nesta sexta, 7, em Balneário Camboriú, Mendonça Filho atendeu alunos do Instituto Federal de Santa Catarina (IFSC) que buscavam informações sobre o não aparecimentos das instituições federais no resultado do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). “Foi um erro gravíssimo que espero não se repetir. Estamos apurando as falhas, mas reitero que nos próximos dias uma nova lista será divulgada”, disse o ministro.

Na sequência, Mendonça Filho, juntamente com autoridades locais, abriu o espaço FNDE Soluções Locais, no Hotel Marambaia. Como forma de encurtar distâncias e estreitar laços, o projeto é um local em eventos públicos no qual gestores e técnicos estaduais e municipais de educação podem tirar dúvidas e sanar pendências específicas sobre a implantação e operação de programas federais. A ação vai até sábado, 8.

“Nosso objetivos é cada vez mais deixar prefeitos, assessores e secretários de educação mais informados sobre os programas do FNDE, a sua execução e principalmente a prestação de contas. Nossa equipe técnica está aqui para fazer o atendimento individualizado de todos aqueles que quiserem tirar dúvidas, obter informações e resolver problemas com o FNDE”, destacou o presidente do FNDE, Gastão Vieira.

Edineia Rauta

Pin It