Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos é lembrado hoje

img_Ceará-bate-recorde-de-transplantes-este-ano

O Dia Nacional da Doação de Órgãos e Tecidos é comemorado nesta terça-feira (27). Para celebrar a data, o Ministério da Saúde lançou no dia 17 deste mês a Campanha Nacional de Doação de Órgãos. O objetivo da ação é estimular cada vez mais a população a ser doadora de órgãos e fazer com que o País alcance anualmente a meta de 14,4 doadores por milhão da população.

Balanço

As doações de órgãos possibilitaram a realização de 12.091 transplantes entre janeiro e julho deste ano. As operações de órgãos mais complexos, como pulmão, fígado e coração, registraram aumento de 31% em relação ao mesmo período do ano passado.

O Brasil é referência mundial em transplantes. Em 2015, foram realizadas 23.666 cirurgias; 1.164 órgãos e 2.409 tecidos foram transportados. Houve ainda 110 órgãos e 219 tecidos transferidos por meio de voos fretados e transportes terrestres em parceria com as Centrais Estaduais de Transplantes.

Santa Catarina é o único Estado sem morte na fila por transplante, segundo associação.

No primeiro semestre de 2016, Santa Catarina não registrou mortes na fila de espera por transplantes, informou a Associação Brasileira de Transplantes de Órgãos (ABTO). Conforme a associação, o dado pode ser consequência de o Estado ser o que registra maior número de doadores efetivos de órgãos por milhão de habitantes do país.

Todos os Estados, com exceção de Santa Catarina, tiveram registros de mortes nas filas, conforme a associação. No país, 16.329 ingressaram na fila no 1º semestre e 1.239 morreram.

Recorde de doações
É o segundo ano consecutivo que o estado bate recorde de doações. No 1° semestre de 2016 foram 34,9 pessoas para cada milhão de habitantes. Em 2015, o índice era de 30,6. A média nacional é de 16 doadores para cada milhão de habitantes

Na prática, segundo a ABTO, no primeiro semestre de 2016, de um total de 119 doadores foram captados 120 rins, 70 fígados, 5 corações, 2 pâncreas, 38 transplantes de medula ossea e 304 córneas. No mesmo período de 2015, foram 103 doadores e 628 transplantes de órgãos.

A ABTO ainda diz que esse fato se dá pela “eficiência e organização do sistema de captação de órgãos no estado”.

Mesmo com a alta taxa, segundo a associação, 36% das famílias recusam a doação de órgãos em Santa Catarina. Na fila por um órgão no estado, estão at407 pessoas.  No mesmo período em 2015, eram 485 pessoas. Confira o levantamento detalhado.

Setembro Verde
Conforme a associação, durante setembro é realizada uma campanha para conscientizar a população da importância da doação de órgãos. A ação é nacional e ocorre em 21 estados brasileiros.

Curta metragem Olhares, produzido em Presidente Getúlio aborda o tema.

Na história, o filme fala sobre amor, memórias e renovação.

Mostra como esses sentimentos tão complexos se entrelaçam, nas relações, nos momentos mais difíceis e quando o acaso cruza nosso caminho.

A mensagem principal em torno da trama é a doação de órgãos e a conscientização da família da possibilidade do transplante para salvar outra vida.

Ronildo Garcia e Luiz Cunha, produtores independentes da cidade resolveram unir forças para idealizar o projeto pela A+ Produtora Filmes.

Ambos acreditam muito no potencial da obra por ser um tema sensível a indispensável à sociedade.

As locações e cenários para as gravações forami totalmente em Presidente Getúlio, uma forma de identificar ainda mais o filme com a sociedade getuliense e do Alto Vale.

A produção do filme só foi possível graças ao patrocínio da empresa Manoel Marchetti Indústria e Comércio de Ibirama, através da Lei de Incentivo à Cultura; a Lei Rouanet.

Com o patrocínio a produtora prensou 500 DVDs que já foram distribuídos para escolas estaduais da região do Alto Vale, Timbó, Jaraguá do Sul, Joinville, Blumenau e Criciúma.

De acordo com o diretor Luiz Cunha, faltam mais de 700 escolas estaduais no Estado a serem atendidas com o envio do filme.

“Lançamos recentemente uma campanha no site de financiamento coletivo, Catarse, para levantar fundos para uma nova prensagem de 1000 DVDs e assim poder atender a demanda de novas escolas por todo o Estado e para além, caso o valor arrecadado nos permita.

Quem quiser colaborar com o financiamento poderá entrar no site através deste endereço eletrônico: https://www.catarse.me/distribuicao_do_filme_olhares.

As pessoas podem doar quanto quiserem a partir de R$ 10,00 através de boleto bancário ou cartão de crédito e se atingirmos a meta poderemos dar andamento ao projeto e enviar o filme para mais pessoas.” Finaliza Luiz.

Pin It