Corupá: Prefeitura firma parceria com Sebrae para elaboração do Plano Municipal de Turismo

DSCF1380

Corupá deu um importante passo para o planejamento e crescimento do turismo na cidade. Isso graças a parceria firmada recentemente entre a Prefeitura e o  Serviço de Apoio as Micro e Pequenas Empresas (Sebrae/SC) para elaboração e consultoria para criação do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável em Corupá.

Conforme contrato firmado com o Sebrae, a entidade terá um prazo de oito meses para realizar o estudo preliminar do Plano de Desenvolvimento Integrado do Turismo Sustentável em Corupá (PDITS), desenvolvimento e elaboração do plano, inventário do trade turístico do município e elaboração de um plano estratégico regional conforme características, objetivos e metodologia discutidos e apresentados na proposta acordada com a Secretaria de Indústria, Comércio, Turismo, Esporte e Lazer.

O secretário de Indústria, Comércio, Turismo, Esporte e Lazer de Corupá Juliano Millnitz comenta que a parceria com o Sebrae é a iniciativa mais importante o município está tomando para a constituição do Plano Municipal de Turismo. “O desenvolvimento deste plano pelo Sebrae, além de contar com um diagnóstico e levantamento do turismo, também será uma forma de envolver a comunidade para pensar e desenvolver este setor, levando-a a sentir-se dona e responsável pelo plano”, completa.

Millnitz destaca ainda que após constituído o Plano, este deve ir como projeto de lei para a Câmara de Vereadores para que seja aprovado e assim se transforme numa ferramenta para que seja continuado ao longo dos anos levando Corupá a continuar  se aperfeiçoando e crescendo no ramo do turismo.

Plano regional

Paralelamente a constituição do Plano Municipal de Turismo de Corupá, também deve ser trabalhado um Plano Regional com as cidades que integram o Consórcio Quiriri formado pelas cidades de Corupá, São Bento do Sul, Rio Negrinho e Campo Alegre e a Amvali que conta também com as cidades de Jaraguá do Sul, Guaramirim, Schroeder, Massaranduba, Barra Velha e São João do Itaperiú.

O secretário de Indústria, Comércio, Turismo, Esporte e Lazer de Corupá Juliano Millnitz comenta que os planos municipal e regional devem ser integrados para criar estratégias e roteiros que envolvam as cidades da região para que os turistas possam aproveitar ao máximo o que é oferecido nestas cidades e assim permanecer por mais tempo, movimentando este setor na maioria das cidades. “Assim como Corupá que tem muitos atrativos turísticos que vão desde as cachoeiras até os roteiros de ecoturismo e ciclismo, as cidades vizinhas também contam com atrativos, que integrados, fazem com que os turistas possam aproveitar ao máximo nossa região. Sendo assim todos ganham, já que o turismo também é uma forma de movimentar a economia regional”, conclui.

 

Áurea J. Arendartchuk

Pin It