Corupá: Prefeito João Gottardi sanciona lei que municipaliza a escola São José

DSCN0644

O prefeito de Corupá João Carlos Gottardi sancionou na tarde desta quinta-feira (19) a lei que municipaliza a Escola São José que até o ano passado era administrada pelo governo estadual.  O projeto de lei que cria e denomina Escola Municipal de Ensino Fundamental São José foi enviado em regime de urgência pela Prefeitura de Corupá à Câmara de Vereadores e aprovado por unanimidade na manhã de hoje.

Em outubro do ano passado, o governo do Estado confirmou que a então Escola de Educação Básica São José seria fechada. A unidade de ensino pertencia às irmãs franciscanas de São José e está instalada há 87 anos na cidade tendo até o fim do ano passado mais de 500 alunos matriculados.

Na época do anúncio de fechamento da escola pelo Estado, foi informado pela Agência de Desenvolvimento Regional (ADR) de que todos os alunos seriam transferidos para a escola Teresa Ramos, outra unidade administrada pelo governo estadual em Corupá.

Ao tomar conhecimento do fato no ano passado, o prefeito recém-eleito João Gottardi assumiu o compromisso pela municipalização da escola para evitar que alunos, pais e professores fossem prejudicados. Este ano ao assumir a Prefeitura, uma das primeiras providências na área de educação tomadas por Gottardi foi enviar à Câmara de Vereadores o projeto de lei para municipalização da escola. O projeto em regime de urgência foi aprovado por unanimidade pela Câmara de Corupá que realizou uma sessão extraordinária para a votação nesta quinta-feira (19).

O prefeito Gottardi agradeceu a parceria e compreensão da Câmara para aprovação da lei e agora devem ser tomadas as próximas providências para a manutenção da escola. Os recursos para custear a escola São José virão do Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica (Fundeb) do governo federal. Para isso, um convênio deve ser firmado com o governo estadual para que sejam transferidos ao município os recursos que o Estado receber para escola ao longo deste ano. “Ficamos satisfeitos e felizes por saber que a escola São José, tão tradicional e necessária para nosso município, poderá continuar aberta e atendendo aos estudantes de nossa cidade. Agora precisamos firmar o convênio com o Estado para que possamos receber os recursos do Fundeb durante este ano”, ressalta.

A matrícula dos mais de 500 alunos da agora Escola Municipal do Ensino Fundamental São José está garantida e assim como nas demais escolas de Corupá as aulas devem iniciar em 13 de fevereiro.

Áurea J. Arendartchuk

Pin It