Central telefônica agilizará agendamento de consultas nos postos de saúde

foto2

A Secretaria de Saúde de Jaraguá do Sul vai implantar, a partir de quinta-feira (2), um novo sistema de agendamento de consultas nos postos de saúde. O serviço que antes era feito de forma manual pelas recepcionistas dos 25 postos de Jaraguá do Sul agora será realizado por uma Central Telefônica da Secretaria de Saúde, por meio de um sistema unificado e informatizado.

Funcionará assim: o paciente liga ou vai até o posto e solicita o agendamento da consulta de que necessita. Sai do posto com um número de protocolo e a orientação de que receberá uma ligação próximo da data da consulta. Isso já acontece para os pacientes que são encaminhados para as consultas com especialistas. Porém, no atendimento dos postos de saúde, num primeiro momento, NÃO será necessária a presença do paciente no posto em data anterior à consulta, para confirmar o agendamento. A Diretoria de Saúde adianta que, se houver muitas faltas, esse procedimento passará a ser necessário. “Depende da responsabilidade de cada paciente, de não faltar à consulta ou de avisar que não vai”, ressalta Níura Demarchi dos Santos, diretora de Saúde. O objetivo é reduzir as faltas nas consultas, agilizar os atendimentos e dar transparência a quem está na fila de espera. Tendo o acesso unificado no sistema, a unidade de saúde poderá informar ao paciente, por exemplo, quantas pessoas estão na fila e qual a previsão de data para consulta médica.

Forma de solicitar a consulta continua igual

Para o paciente, a mudança é mínima. O agendamento para consultas continua sendo feito por meio de contato telefônico no posto de saúde mais próximo da residência ou pessoalmente. O que muda é que o paciente não sairá com a data da consulta e, sim, com um número de protocolo. O usuário receberá uma ligação da Central Telefônica da Saúde (nos números de telefone e horários informados), próximo da data, avisando o dia e horário da consulta. Dessa forma, o paciente terá a oportunidade de dizer se poderá comparecer na data informada ou não. Se não puder, permanecerá no seu lugar na fila de espera e será contatado para uma próxima data. Se puder comparecer, confirmará à telefonista e terá a consulta garantida.

Se houver imprevisto, deve comunicar o posto de saúde com no mínimo 24 horas de antecedência, para que outro paciente possa ser atendido. Se faltar e não comunicar, perde o lugar na fila de espera. Todas as recepcionistas dos postos de saúde já passaram por capacitação e orientarão os pacientes da melhor forma possível.

Faltas

De acordo com levantamento da Secretaria de Saúde, o número de faltas a consultas nos postos de saúde no ano passado foi de 30.804, ou 18% das consultas agendadas nos 25 postos. É como se todas as 25 unidades ficassem fechadas por dois meses. Outros pacientes deixaram de ser atendidos devido ao não comparecimento dos usuários.
Clarissa Hammes Borba de Oliveira

Pin It