Brinquedos são a melhor distração para os cães

Brincar é um comportamento normal entre os animais, especialmente entre os cães. Todos gostam e necessitam de atividades, independentemente do tamanho, raça, sexo ou idade. Cães cujos donos proporcionam boa qualidade de vida, com passeios diários, boa alimentação, atividades e distrações frequentes atingem maior expectativa de vida.

Os cães são descendentes dos lobos selvagens. Através da domesticação, o ser humano transformou um animal selvagem em um animal doméstico. Por conta disso, teve que adaptar tanto a sua rotina quanto a do cão para que convivessem em harmonia. Na natureza, um animal selvagem brinca com gravetos, pedras, restos de ossos, etc. Para a convivência com os humanos, foi preciso desenvolver e adaptar objetos mais seguros para que os cães pudessem se entreter, sem risco de engasgar e ingerir fiapos de madeira ou pedras. 

cães-brinquedo

Assim como a alimentação, os brinquedos fazem parte do dia a dia dos cães. Além de mantê-los ocupados, garantem que eles se mantenham saudáveis física e psicologicamente. Sem atividades constantes, os cães podem apresentar problemas de comportamento, entre eles, destruir objetos da casa, latir em excesso, tornarem-se hiperativos, ansiosos, estressados ou entediados, entre outras questões relacionadas.

Segundo o especialista em comportamento canino Ricardo Tamborini, cabe aos donos reparar qual atividade, brincadeira e brinquedo mais despertam o interesse e o prazer do cão.  “Usar os brinquedos e manter atividades de interação diárias reforçam o vínculo afetivo entre cão e dono, ajudando os tutores a estabelecerem regras e limites para o animal, além de mantê-lo saudável”, explica.

Todos os cães gostam de permanecer próximos dos donos em todos os momentos. Por isso, para os cães que passam muitas horas sozinhos os brinquedos são de extrema importância, já que a ausência dos donos faz com que a maioria dos animais fique ressentido e, caso não tenham brinquedos ao alcance, explorem a casa à procura de algo para brincar. Sem nada para brincar, as almofadas, sapatos e outros objetos da casa são vistos como uma boa opção de distração naquele momento.

“Existem também os cães que apresentam ansiedade de separação. Estes sofrem mais do que o normal pela ausência dos donos e, principalmente nesses casos, os brinquedos são fundamentais para mantê-los ocupados”, ressalta o especialista.

Assim como as crianças e também muitos adultos, cães gostam de novidades, e brinquedos novos serão sempre bem aceitos. “Animais menos ativos e com baixa energia gostam de objetos que possam roer. Naturalmente e instintivamente apreciam brinquedos semelhantes a ossos, como mordedores e brinquedos de corda. Já cães com muita energia e mais agitados preferem brinquedos que possam ser arremessados pelos donos ou que rolem por toda a casa, como bolinhas. Também há cães que gostam de morder objetos mais duros, enquanto outros preferem brinquedos com textura mais macia”, conclui Tamborini.

Pin It