Um turno de derrotas, mas também de aprendizado na LBF

26JAN15-10 l Liga de Basquete Feminino l Jaraguá x Presidente Venceslau © Henrique Porto (Agência Avante!)

Mesmo com total apoio do torcedor, que voltou a lotar o Novo Arthur Müller, o basquete de Jaraguá do Sul fechou o turno da Liga de Basquete Feminino (LBF) sem vitórias. Na noite de ontem, dia 26, as comandadas de Julio Patricio foram superadas pelo Presidente Venceslau (SP), por 71 a 60. Este foi o nono revés da equipe na competição.

Depois do bom jogo contra São José no sábado (24), as jaraguaenses não foram bem diante das paulistas. Começaram mal a partida e viram as visitantes abrir 20 a 11 no primeiro quarto. A equipe buscou uma breve reação no segundo quarto, marcando 17 a 12, levando o joga para o intervalo 32 a 28 em favor das paulistas.

O Jaraguá voltou a apresentar um novo ‘apagão’ no terceiro quarto, quando Presidente Venceslau aproveitou para marcar 22 a 13. A reação veio no quarto final, quando a equipe da casa encontrou o seu melhor jogo e baixou a diferença no placar para apenas dois pontos (62 a 60). Porém, a ansiedade voltou a pesar e o adversário aproveitou para controlar as ações e vencer.

“Começo a perceber que a gente não consegue jogar na frente, ou pelo menos quando o placar está próximo”, analisou Patricio. “Estamos mostrando uma dificuldade de controlar o jogo e vou conversar bastante sobre isso com elas, pois é muito mais um treino mental do que técnico e tático”, afirmou.

“Às vezes bate o nervosismo, a ansiedade, e acabamos fazendo as escolhas que não são as melhores. Quando o time está lúcido, fazemos boas jogadas. Precisamos treinar isso”, concordou a ala Leila Zabani, destaque do Jaraguá na partida com 21 pontos, quatro rebotes, três assistências e uma bola recuperada. Outro destaque foi a pivô cubana Yuli Cruz, que marcou um duplo-duplo (11 pontos e 11 rebotes).

“O nosso turno foi ruim, mas temos que tirar o lado positivo. Deu para ver que conseguimos jogar de igual com todos os times. Falta acertar detalhes, vários detalhes. Temos pecado muito nos quartos finais, mas temos que usar isso como aprendizado”, concluiu Leila.

O Jaraguá volta à quadra pela Liga de Basquete Feminino no próximo sábado, dia 31, às 18h, em São José dos Campos (SP). A partida marca a abertura do returno da competição.

Mantida pela Associação Jaraguaense de Pais e Amigos do Basquete, a equipe Basquete Jaraguá é patrocinada por Havan, Jo Lever, Balaroti, FCB/Trimania, Kaiapós, Pampas Grill, Assessoritec, Splendore Imóveis, J Marcelino, Grupo Dupla Net e Start Academia, além do total apoio da Prefeitura de Jaraguá do Sul, por intermédio da Fundação Municipal de Esportes e Turismo.

Avante Esportes.

 

Pin It