Futebol: Juventus perde outra vez, mas ainda depende de si

30MAR14-l-Futebol-l-Campeonato-Catarinense-l-Juventus-x-Avaí-©-Iriane-Porto-Agência-Avante

16 de março de 2014. O Juventus bateu o Atlético-IB por 3 a 1, jogando em casa, chega aos sete pontos e festeja a conquista de 43% da pontuação necessária para permanecer na elite do futebol de Santa Catarina. 30 de março de 2014. O Juventus perde em casa para o Avaí por 2 a 0, segue estacionado nos sete pontos e vê o Campeonato Catarinense da Série B cada vez mais próximo.

Sem poder contar com Wesley, Esquerda e Sebá, o Juventus – de Celso Teixeira – alinhou com Mauricio; Paulinho, Sandro Müller, Lucas Staudt e Rodrigo Crasso; João Antônio, Dhiego André, Neto e Marcelo Moscatelli, Jabá e Édipo. Já o Leão da Ilha, de Pingo, apostou inicialmente em Diego; Bocão, Pablo, Bruno Maia e Rafinha; Braga, Marrone, Julio César e Cleber Santana; Héber e Roberto.

O tricolor até que foi bem na primeira etapa, quando teve ao menos três oportunidades claras de pular na frente. Porém, a ineficiência ofensiva foi castigada no segundo tempo, com os gols de Cleber Santana (aos 9’) e Roberto (aos 39’).

“Faltou a gente fazer os gols no início do jogo, quando criamos as oportunidades. Quando tivermos chance, temos que fazer. Depois acabamos tomando dois gols”, lamentou o zagueiro Sandro Müller. “A cada dia está ficando mais difícil. Estamos deixando passar as oportunidades de somar pontos”, acrescentou.

Na próxima rodada, o Juventus recebe a Chapecoense no Estádio João Marcatto. A partida está marcada para o dia 5 de abril, a partir das 16h. Em caso de um tropeço do Moleque Travesso, aliado a uma vitória do Brusque sobre o Atlético-IB, os jaraguaenses estarão matematicamente rebaixados, com uma rodada de antecedência. “Vamos até a última rodada com a esperança de se manter na elite”, promete o lateral Crasso.

Em catorze dias o Moleque Travesso foi do céu ao inferno no Campeonato Catarinense da Série A. O time ainda depende apenas de suas forças para permanecer na Primeira Divisão, porém terá que decidir seu destino fora de casa, onde somou apenas três pontos até aqui na competição. Catorze dias, este é o prazo que o Juventus tem para arrumar a sua casa.

30MAR14-l-Classificação-l-Campeonato-Catarinense-l-Hexagonal

Avante Esportes

 

Pin It