Rita Cadillac confessa que mentiu para Globo sobre participação em “A Fazenda”

Rita_Cadillac-620x348

Rita Cadillac foi a convidada do “Pânico no Rádio” nesta quinta-feira (27). Durante a entrevista, a ex-chacrete fez algumas revelações a Emílio Surita e companhia, como quando, em 2013, aceitou entrar em “A Fazenda”. A única ressalva é que ela já havia se comprometido com a Globo para fazer uma participação especial em “Amor à Vida”, novela das 21h da época. “Gravei com a Globo, mas eles queriam mais, aí inventei que iria para o exterior fazer shows”, confessou.

O confinamento, como era de se esperar, pegou a emissora dos Marinho de surpresa. Quando o realityteve início, as cenas com a presença da Chacrete foram sensivelmente diminuídas.

Ainda no programa de rádio, Rita falou mais uma vez sobre a sua polêmica participação no “Programa do Porchat“. A artista reiterou que, em nenhum momento, foi avisada pela produção sobre o quadro “Sarjeta da Fama”. “O que é combinado não sai caro. Eu já brinquei com várias pessoas, inclusive com o Fábio Porchat, mas naquela hora não gostei. Se chegassem em mim e falassem como seria a brincadeira, eu decidiria se faria ou não. Também não saí do palco como foi dito, não dei piti e nem saí aos prantos”, afirmou.

Após a confusão, ela voltou à emissora para uma retratação do apresentador. “O Porchat me ligou querendo se desculpar. Por mim não precisaria nem ser no palco, podia ser no camarim. A ideia de se ajoelhar foi dele”, garantiu Rita Cadillac .

A ex-Chacrete admitiu ainda já ter enfrentado problemas difíceis ao longo de sua trajetória: ela chegou a ser estuprada pelo falecido marido. “Me casei aos 15 anos, com um homem 10 anos mais velho que eu, para me vingar de um ex-namorado que me abandonou e não por amor”.

RD1

Pin It