Record tenta reaproximação com Luan Santana, mas é ignorada pelo pai do cantor

luan-santana

Furioso com a jornalista Fabíola Reipert, Luan Santana anunciou, em setembro, que não iria mais comparecer aos programas da Record. Em comunicado enviado à emissora, a assessoria do cantor sugere que “a dignidade venha antes da audiência”.

Mesmo com o boicote, Fabíola não sofreu nenhum tipo de censura publicamente ou fez qualquer retratação. Ainda sim, a cúpula da Record tem consciência de que não é vantajoso manter um relacionamento pouco cortês com aquele que é hoje um dos maiores cantores do país.

Por essa razão, segundo antecipou a revista “Veja”, o vice-diretor de jornalismo da emissora, Douglas Tavolaro, ligou para Amarildo Santana, o pai de Luan, numa tentativa de acalmar os ânimos. Mas, naquele momento, os dois se divertiam em uma pescaria no Pantanal. Viram uma chamada perdida no telefone, e sabendo de quem se tratava, não fizeram questão de retornar.

Vale lembrar que Luan Santana não é o único irritado com a Record. Ivete Sangalo também teria tomado decisão semelhante, mas por culpa de Jesus. Não de Cristo, que fique claro. A baiana não gostou do espaço que a emissora abriu ao seu irmão Jesus Sangalo, com quem ela rompeu relações em 2011, por conta de uma suspeita de desvio de dinheiro.

RD1

Pin It